Confirmada informação do Blog do Elimar Côrtes: governo aumenta efetivo da PM e vai promover milhares de praças e oficiais


Eram exatamente 17h59 desta sexta-feira (11/05) quando o secretário de Estado de Governo, Robson Leite, chegou ao setor de protocolo da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, na Enseada do Suá. Em mãos, a mensagem do governador Renato Casagrande que altera o Quadro Organizacional da Polícia Militar e, por consequência, aumenta o efetivo da PM adota uma nova política de promoções de praças e oficiais, conforme este blog já vem divulgando.


O governo havia prometido anunciar o projeto de lei no dia 10 de abril. Demorou apenas um mês para enviar a mensagem à Assembleia. Não por culpa exclusiva do governo, mas porque o Comando Geral da PM e as entidades de classe não se entendiam sobre as promoções.

Em postagem anterior, o Blog do Elimar Côrtes já havia antecipado detalhes do projeto de lei, informando, inclusive, que o efetivo da PM passaria para 10.749 policiais. No entanto, na mensagem protocolada nesta sexta-feira na Assembleia, o governo informa que o efetivo da Polícia Militar será de 10.748. O Blog errou por apenas um militar.

À espera da mensagem do governador estavam dirigentes de entidades de classe dos militares, como os diretores Flávio Gava e Alexandre Pereira, da Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e  Bombeiro Militar do Estado do Espírito Santo.

Junto com a Associação de Subtenentes e Sargentos (Asses) e o deputado Josias Da Vitória – que é cabo da reserva da PM –, a ACS/ES lutou bravamente para que o projeto de lei que altera o QO da PM e faça promoções de praças e oficiais fosse elaborado pelo governo.

Em sua mensagem, Renato Casagrande ressalta que o projeto de lei tem a “finalidade  de aumentar o efetivo das Polícia Militar do Espírito Santo, assegurando ao Comando Geral da Polícia Militar, ao Governo do Estado e,  principalmente,  à população capixaba, uma melhora na qualidade dos serviços prestados pela referida corporação”.

Ele reconhece que a PM carece de um efetivo maior: “A Polícia Militar, neste momento, vivencia uma dificuldade operacional em certos níveis hierárquicos e seus serviços estão prejudicados pela falha destes profissionais na fiscalização a execução das diversas atividades atribuídas à Corporação”.

Por isso, ressalta que, “o acréscimo no efetivo da PMES é matéria de urgência e de interesse de toda a sociedade capixaba. Esta sendo realizada, ainda, a adequação do efetivo existente nos Quadros de saúde da Corporação, em face do déficit de mão de obra especializada em qualificada na área médica hospitalar e administrativa, uma vez que a PMES ao longo dos anos vem observando novas funções internas e externas de causas sociais onde o seu efetivo não tem acompanhado esta evolução. O Hospital da Policia Militar do Espírito Santo representa estrategicamente uma força reservada para o Governo do Estado em momentos de crise e de calamidades na saúde pública”.

E mais: “Há de se destacar que o projeto em tela também permitirá  a regularização e fluidez das promoções em todos os níveis hierárquicos, potencializando aos seu integrantes uma renovação em seus ânimos e, em decorrência a prestação de forma mai satisfatória dos serviços destinados a população”.

Casagrande finaliza a mensagem ressaltando que “o  Governo do Estado não tem medido esforços na busca da modernização da estrutura da corporação policial militar. Neste sentido esta proposta é para de um conjunto de medidas implementadas dentro do projeto de continuidade deste Governo em referência a Segurança Pública do Estado”.

Veja a tabela de como ficará o efetivo da PMES no link http://elimarcortes.blogspot.com.br/2012/05/novo-quadro-organizacional-da-pm.html

 

Blog do Elimar Côrtes Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger